Notícias
Por ano letivo

05 Ago 2022

Os alunos Afonso Porto e Sara Oliveira, do 6.º C, conquistaram o 2.º lugar, na categoria Exploradores (2.º ciclo), no desafio nacional “Projeto do Ano ubbu 2022”, referente às Ciências da
Computação e Programação, sob orientação da professora Sandra Batista, com o projeto intitulado ADF (Amigos do Futebol), enquadrado no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável “Igualdade de
género”. O mesmo foi desenvolvido na plataforma ubbu na sequência da implementação do projeto de Ateliê de Código, através da criação de histórias recorrendo à programação por blocos.
Demonstraram um grande espírito de colaboração, iniciativa, organização e um excelente desempenho no decorrer do desenvolvimento do projeto.
Parabéns ao Afonso e à Sara!
Para visualizar o trabalho aceda a https://play.ubbu.io/share/54335?t=Ovz81vYenG

29 Jul 2022

Os alunos de Desenvolvimento Pessoal e Social do 8A e a professora Sónia Leonardo Garcia desenvolveram, no presente ano letivo de 2021/2022, o projeto eTwinning "GREEN - Green Refletion of European Cultural Exchange in Nature".
Este projeto visou principalmente o desenvolvimento de competências relacionadas com a sustentabilidade, a importância da natureza e da sua preservação e o intercâmbio cultural com alunos de diferentes países. Houve oportunidade de desenvolver trabalhos numa vertente mais artística e aprofundar conhecimentos na área das TIC através do trabalho com ferramentas como o StoryJumper, WordArt, Canva, Biteable, entre outras.
No dia 28 de Julho foi distinguido pela Agência Nacional com o Selo de Qualidade eTwinning, que destacou como aspectos positivos: ter proporcionado aos alunos novas formas de aprender, de colaborar e de desenvolver projetos colaborativo; ter permitido a existência de uma distribuição de tarefas por parte dos docentes; a colaboração entre docentes/alunos entre os parceiros europeus e ter sido um ótimo contributo numa temática atual e urgente. Foi um projecto enquadrado num dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável, pois foram abordados os domínios “Desenvolvimento Sustentável” e “Educação Ambiental”.

Parabéns a todos os envolvidos!
Para conhecer os projetos eTwinning desenvolvidos na nossa escola, aceda a:
https://sites.google.com/eccn.edu.pt/etwinning-eccn.

26 Jul 2022

Informa-se que foi aberto procedimento concursal comum para a constituição de vínculo de emprego público por tempo indeterminado, tendo em vista a ocupação de 13 postos de trabalho na carreira e categoria de Assistente Operacional, sendo 3 lugares destinados a candidatos com deficiência nos termos do nº 1 do artigo 3º do Decreto-Lei nº 29/2001, de 3 de fevereiro, adaptado à Região pelo Decreto Legislativo Regional nº 4/2002/A, de 1 de março, para o quadro regional da ilha do pico, lugares afetar à Escola Básica e Secundária da Madalena, Direção Regional da Educação e Administração Educativa.

O Aviso de Abertura foi publicado na BEP-Açores sob a oferta de emprego n.º 549, a 20 de julho de 2022.

 

Aviso de Abertura

18 Jul 2022

Como é do conhecimento público as pautas com os resultados da 1.ª fase dos exames nacionais serão afixadas na 3ª feira, dia 19 de julho. De acordo com a Norma 02/JNE/2022 relembram-se os procedimentos relativos ao processo de reapreciação e reclamação das provas e exames realizados no corrente ano letivo, a saber:

A - FASES DO PROCESSO


1. No processo de reapreciação há a considerar duas fases distintas:
   a) A consulta das provas, que se destina a permitir que o aluno possa conhecer a classificação que foi atribuída a cada questão da prova;
   b) A reapreciação propriamente dita, que tem início quando o aluno, após a consulta da prova, entende prosseguir o processo de reapreciação e, por esse motivo, apresenta o requerimento de reapreciação e a alegação.


B - PEDIDO DE CONSULTA DA PROVA


1 - O requerimento para consulta da prova (Modelo 09/JNE) em formato PDF editável, abaixo disponibilizado, deve ser descarregado, preenchido e e enviado para o correio eletrónico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou entregue nos serviços de administração escolar, pelo encarregado de educação ou pelo próprio aluno, quando maior, e devendo ser dirigido ao presidente do conselho executivo.
2 - O requerimento é enviado/apresentado, no próprio dia e no dia útil seguinte ao da publicação da respetiva classificação. servindo este de recibo a devolver ao requerente.
3 - Os encarregados de educação dos alunos filhos de profissionais itinerantes, que pretendam solicitar a reapreciação das provas e exames, devem fazê-lo através da escola de matrícula do seu educando.


C - REALIZAÇÃO DA CONSULTA


1 - No prazo máximo de um dia útil, após o prazo referido no número anterior, a escola faculta aos alunos as cópias da prova realizada, em suporte digital (formato pdf) ou em suporte papel, mediante o pagamento de encargos que deverão estar em linha com outros habitualmente praticados.
2 - A consulta do original da prova só pode ser efetuada na presença do presidente do conselho executivo, vice-presidente do conselho executivo ou do coordenador do secretariado de exames.


D - FORMALIZAÇÃO DO PEDIDO


1 - Os modelos referentes ao processo de reapreciação devem, preferencialmente, ser preenchidos em formato digital, disponíveis abaixo e em https://www.dge.mec.pt/modelos, , sendo descarregados, preenchidos e enviados para o correio eletrónico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. para posteriormente serem impressos e assinados para apresentação na escola.
2 - O requerimento deve ser formalizado, nos dois dias úteis seguintes ao prazo mencionado em C - 1., através do Modelo 11/JNE, dirigido ao Presidente do JNE.
3 - A validação do modelo 11/JNE é formalizada presencialmente mediante assinatura do modelo e respetivo pagamento.
4 - O pedido de reapreciação é acompanhado de alegação justificativa, a apresentar no Modelo 11-A/JNE.
5 - Quando a alegação não for redigida no Modelo 11-A/JNE, deve ser anexada ao referido modelo, o qual serve de folha de rosto.
6 - Se a reapreciação incidir exclusivamente sobre erro na soma das cotações e ou erro na atribuição da classificação aos itens de seleção, o requerente deve apresentar o Modelo 10/JNE devidamente preenchido, não havendo neste caso lugar a alegação nem sendo devido o depósito de qualquer quantia.